Chat with us, powered by LiveChat

Design de Ruído Baixo

Nível Acústico de Ruído

emi_drawingA medição de som acústico dos produtos SUNON é feita em uma sala sem eco com ruído de fundo menor que 15dBA. A ventoinha medida está funcionando em ar livre com um microfone a uma distância de um metro da entrada da ventoinha.

O Nível de Pressão Sonora (NPS), que é dependente do ambiente, e o Nível de Potência Sonora (NPtS) são definidos conforme a seguir:

NPS = 20¡ê P¡þPref e NPtS= 10¡ê W¡þWref

onde,

  • P = Pressão
  • Pref = Pressão referência
  • W = Potência Acústica da Fonte
  • Wref = Potência Acústica Referência

Dados de barulho de ventoinha são geralmente plotados como NPS contra bandas de frequência de oitava. Os seguintes fornecem uma indicação do efeito de mudanças dBA:

  • 3 dBA Quase Imperceptível
  • 5 dBA Perceptível
  • 10 dBA Duas vezes mais barulhento

Níveis de ruído:

  • 0 ~ 20 dBA Muito baixo
  • 20 ~ 40 dBA Baixo
  • 40 ~ 60 dBA Moderado
  • 60 ~ 80 dBA Alto
  • 80 ~ 100 dBA Muito Alto
  • 100 ~ 140 dBA Ensurdecedor
Como Atingir Baixo Ruído

As cinco diretrizes a seguir fornecem aos usuários as melhores abordagens em minimizar o ruído da ventoinha.

  1. Impedância do Sistema  como conhecida, a área entre as portas de entrada e saída de um gabinete forma de 60% a 80% da impedância total do sistema. Além disso, quanto maior o fluxo de ar, maior o nível de barulho. Quanto maior for a impedância total do sistema, mais fluxo de ar é necessário para fornecer o resfriamento necessário. Assim sendo, a impedância do sistema deve ser reduzida para o mais baixo possível para reduzir o ruído ao mínimo.
  2. Distúrbio no Fluxo são obstruções ao longo do caminho do fluxo de barulho turbulento gerado pelo ar. Portanto, obstruções, especialmente na área de entrada e saída crítica, deve ser evitada para reduzir o nível de ruído.
  3. Velocidade e Tamanho da Ventoinha já que ventoinhas de alta velocidade geram maior barulho do que uma de baixa velocidade. Uma ventoinha de baixa velocidade deve ser testada e usada quando possível. Frequentemente, uma ventoinha maior e mais lenta é mais silenciosa do que uma menor e mais rápida enquanto entrega o mesmo fluxo de ar.
  4. Aumento de Temperatura. O fluxo de ar é inversamente proporcional ao aumento de temperatura permissível dentro de um sistema. Uma pequena mudança no aumento de temperatura permissível leva a uma significante mudança no fluxo de ar necessário. Assim sendo, se houver um pequeno comprometimento imposto no aumento de temperatura permissível, haverá consideravelmente menos quantidades de fluxo de ar requerido. Como resultado, o barulho é drasticamente reduzido.
  5. Vibração em alguns casos, o sistema é leve ou especificado em alguns certos métodos de operação, um isolador macio e flexível é altamente recomendado para evitar a transmissão de vibração.
  6. Variação de Voltagem afeta o nível do ruído acústico. Quando uma voltagem maior é aplicada à ventoinha, uma maior vibração é gerada devido ao aumento de RPM. Portanto, um nível maior de ruído é gerado.
  7. Considerações do Design. O design de todo componente da ventoinha afeta o nível de ruído acústico. Baixos níveis podem ser alcançados pela dimensão do núcleo de ventilação, pelo design das lâminas e caixa do impulsor e por fabricação e equilíbrio de precisão.